| Pesquisas de satisfação: qual a importância para a sua empresa?

Este site utiliza cookies para a análise de uso. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Canal Brain

El mayor portal de contenidos sobre inteligencia de mercado.

Pesquisas de satisfação: qual a importância para a sua empresa?

27/09/2021, 15:40

Por equipe Construtor de Vendas

Saber o que os clientes pensam da nossa empresa é essencial para nos mantermos relevantes. São para eles que trabalhamos, afinal, e sua satisfação deve ser uma prioridade. Por isso mesmo as pesquisas de satisfação acabam tendo extrema importância dentro de qualquer negócio.

Por lidar com altos investimentos financeiros, o mercado imobiliário também sente a necessidade de agradar seu público. Uma experiência positiva pode acabar significando compras futuras, indicação de clientes e a criação de uma parceria entre empresa e consumidor.

Então por que não apostar nessa estratégia que rende frutos tão positivos para uma empresa?

Hoje, em parceria com o CV – Construtor de Vendas, você aprenderá mais sobre a importância das pesquisas de satisfação para o setor da construção e, sobretudo, para sua incorporadora. Está preparado? Confira com a gente!

Homens trabalhando em um ambiente corporativo

O que é a Pesquisa de Satisfação?

As pesquisas de satisfação são questionários criados com o objetivo de mensurar o nível de contentamento do cliente. Dessa forma, essas pesquisas buscam adquirir o máximo de informações possíveis sobre a jornada de compra para, assim, metrificar os resultados gerais.

Uma boa pesquisa de satisfação preza pela objetividade de suas perguntas. Ou seja, elas priorizam perguntas de múltipla escolha e “sim/não”. O que se busca com isso é otimizar as análises e gerar resultados estatisticamente mensuráveis, que podem ser visualizados através de dados e tabelas.

Apesar de ser uma estratégia relativamente antiga, as pesquisas de satisfação têm mantido sua relevância com o passar do tempo, como aponta a Rede Jornal Contábil. Importante especialmente nos mercados mais competitivos, essas pesquisas têm capacidade para apontar diferenciais e oportunidades com bastante precisão.

satisfação

Uma boa pesquisa de satisfação deve apresentar:

  • Perguntas que busquem entender a experiência do cliente com a empresa;
  • Perguntas que busquem entender a experiência do cliente com o produto ou serviço;
  • Boa pontuação e ortografia durante todo o questionário;
  • Perguntas fáceis de compreender, sem duplo sentido ou redundância;
  • Questões dinâmicas e não muito longas.

Levando esses pontos em consideração, é muito mais simples criar uma pesquisa de satisfação. Através das boas práticas, você pode criar um material explicativo e perfeito para analisar novas oportunidades de ação.

Mulher fazendo sinal positivo

Por que é importante verificar a satisfação de clientes?

Não basta conhecer a fundo a definição de uma pesquisa de satisfação. Também é muito importante entender a importância por trás da prática. Na verdade, as pesquisas são pilares essenciais para um crescimento escalável e acelerado.

Agora, vamos entender de que forma uma boa pesquisa de satisfação pode auxiliar sua incorporadora.

Homem apontando um gráfico que está subindo

Entender se suas estratégias estão funcionando

Através da pesquisa de satisfação, você pode descobrir se suas estratégias de venda atual estão funcionando ou se é hora de mudar de direção. Com ela, é possível perceber se sua abordagem comercial está suficientemente atualizada ou se precisa melhorar.

E isso não serve apenas para sua estratégia de venda, mas também para sua percepção geral sobre seu próprio negócio. Por vezes, uma pesquisa de satisfação pode te fazer entender que um produto ou serviço não está sendo vem recebido pelo público; dessa forma, você pode optar por implementá-lo ou até mesmo descontinuá-lo.

Estratégias de planejamento

Criar um relacionamento de confiança com o cliente

O novo consumidor busca, sobretudo, sentir que tem importância para a empresa. Sendo assim, ele deseja atendimento personalizado, bom custo-benefício e também uma experiência de compra de qualidade. Portanto, é essencial que você esteja por dentro de tudo que ele pensa sobre você.

Com as pesquisas de satisfação, o cliente sente que sua opinião é importante. Assim, você transmite confiança e segurança para que ele expresse sua opinião de forma segura e sem complicações. Para ele, isso é um sinal de uma empresa que se importa com o cliente. Enquanto isso, para você, é uma oportunidade incrível de crescimento.

Pessoas dando as mãos em sinal de cooperação

Traçar novas trajetórias de abordagem

Percebeu que aquela abordagem comercial não está funcionando? Sem problemas! A pesquisa de satisfação de ajuda a encontrar diferentes possibilidades de saída para as dores do seu cliente.

Você pode, por exemplo, pedir sugestões opcionais de melhoria ao fim da pesquisa. Assim, descobrirá exatamente o que seu público está precisando e a forma como você pode ajudar. Além disso, as próprias perguntas do questionário devem te dar uma ideia de quais os maiores problemas com seu modelo atual.

Em resumo, uma pesquisa de satisfação pode fazer muito por quaisquer empresas. Para o mercado imobiliário, ela pode:

  • Mostrar uma oportunidade de expansão para novos segmentos;
  • Apresentar seus melhores vendedores/ corretores de imóvel;
  • Indicar necessidade de melhora em alguma etapa da jornada comercial;
  • Apontar as forças e fraquezas da sua empresa dentro do mercado.
Pessoas montando estratégias de trabalho

Como montar uma boa pesquisa de satisfação?

Finalmente, após descobrir com profundidade sobre a pesquisa de satisfação e seus benefícios, é chegada a hora de entender, afinal, como montar o seu próprio questionário. Dessa maneira, você pode otimizar a criação do seu material e produzir uma pesquisa de qualidade para suas análises.

E então, vamos entender como criar uma pesquisa de satisfação? Siga nosso passo-a-passo!

Mulher tendo algumas ideias

1. Delimite o objetivo da sua pesquisa

Antes de tudo, você precisa saber qual é o objetivo da sua pesquisa. Para isso, é necessário que você se faça algumas perguntas relevantes para a criação do material. Dessa maneira, procure saber:

  • Qual será o assunto da minha pesquisa?
  • O que eu quero estudar a partir da pesquisa?
  • De que forma eu posso abordar o assunto para o cliente?
  • Quais variáveis, dentro desse assunto, eu posso abordar?

Por exemplo: uma empresa busca realizar uma pesquisa com o assunto “Níveis de satisfação com os imóveis do empreendimento X”. Dentro disso, o que ela deseja estudar é a qualidade dos imóveis do empreendimento X a partir da perspectiva dos novos moradores. Esse assunto pode ser abordado através de perguntas sobre a experiência dos clientes nos respectivos imóveis. E, como variáveis, pode-se utilizar “satisfação”, “possibilidade de indicar a alguém” e “o que deixou a desejar”.

email arroba celular

2. Escolha o canal de aplicação do material

Uma vez entendido como vai ser feito o material, é o momento de decidir em quais canais ele vai ser disparado. Se sua empresa utiliza uma plataforma de CRM, isso pode se tornar muito mais fácil. As pesquisas, via de regra, podem ser criadas e aplicadas através da plataforma, possibilitando um maior índice de respostas e a garantia de segurança dos dados.

Ainda assim, outras formas podem ser utilizadas, como por exemplo: e-mail; ligação ativa; formulário online; material impresso e muito mais.

Pessoas conversando sentadas na calçada

3. Crie sua pesquisa de satisfação

Tudo pronto? Agora é a hora de colocar sua pesquisa na rua! Escolha seu canal de comunicação e comece a criar. Tenha em mente os requisitos que mencionamos anteriormente. Sendo assim, sua pesquisa deve seguir um padrão que permita facilidade de leitura e resposta.

Isso diminuirá as chances de o cliente abandonar a pesquisa ou respondê-la sem prestar atenção. Portanto, você assegura respostas mais fidedignas à realidade e assertivas para o seu negócio.

Na hora da aplicação da pesquisa, para incentivar a participação do seu público, você também pode optar por criar brindes e benefícios especiais. De mimos como canetas e bloco de notas até descontos, várias são as opções de entrega para motivar o público a participar dos questionários.

Carrinho de compras

4. Realize uma análise dos resultados

Aplicou sua pesquisa de satisfação e coletou os dados resultantes? Então essa é a hora de realizar uma boa análise de resultados. Esse é o momento-chave da sua pesquisa, sabe por quê?

Por meio da análise, você consegue entender os principais pontos de força e fraqueza dentro do objeto estudado. O que mais agradou o seu cliente? O que o desagradou? Em quais momentos o seu processo, produto ou serviço poderia melhorar?

Essas e muitas outras perguntas você pode responder através de uma boa análise estatística dos dados resultantes.

Carinha feliz

Não tenha medo de receber opiniões

Como dissemos anteriormente, a opinião do nosso público é muito importante. Nós existimos com o objetivo de satisfazê-lo, e é essencial que aprendamos a lidar com suas dores e solucioná-las sempre que possível.

As pesquisas de satisfação nos permitem entender cenários, estudar possibilidades e traçar caminhos inovadores. Portanto, não deixe de praticá-la na sua incorporadora para assegurar a melhor experiência possível para o cliente.

E então, curtiu o conteúdo de hoje? Compartilhe com seus amigos, clientes e colaboradores!

Este conteúdo da Brain Inteligência Estratégica é oferecido para você pelo CV – Construtor de Vendas, o CRM mais completo do mercado imobiliário. Contando com as soluções de prospecção, venda, relacionamento, gerenciamento e integração, o CV te permite ter um panorama total de vendas e clientes na tela do computador.

Da prospecção de leads ao pós-venda, você garante otimização e agilidade na gestão de vendas. Quer conhecer mais? Conheça o site do CV!

Para saber sobre o mercado imobiliário, gestão de vendas e outros assuntos atuais, acompanhe o blog do CV e nos siga no Instagram!

Por enquanto é isso, mas em breve temos mais!

*O conteúdo expresso neste texto não necessariamente reflete a opinião da Brain.

Veja também:

Intenção de compra segue estável

Por Marcos Kahtalian A intenção de compra de imóveis residenciais no Brasil continua estável – apesar da deterioração das expectativas…

Construção civil apresenta balanço do mercado imobiliário

Temos sido destaque em alguns dos principais portais de notícias do Brasil, com nossas pesquisas e análises de mercado. Confira!

Plano diretor em Blumenau – CONVERSA DE MERCADO com Marcos Bellicanta

Nessa Conversa de Mercado, nos encontramos com Marcos Bellicanta, presidente do Sinduscon Blumenau e sócio da Habitat. Você saberá mais…