Mercado Horizontal marca presença no terceiro trimestre do mercado imobiliário em Goiânia e Região Metropolitana. - Brain

Este site utiliza cookies para a análise de uso. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Canal Brain

O maior portal de conteúdos sobre inteligência de mercado.

Mercado Horizontal marca presença no terceiro trimestre do mercado imobiliário em Goiânia e Região Metropolitana.

15/12/2020, 14:23

Neste artigo você verá como se comportou o mercado imobiliário, mais especificamente o mercado horizontal de Goiânia e Região Metropolitana no terceiro trimestre de 2020. Um levantamento da Brain em parceria com a SECOVIGOIÁS            

De fato, o mercado horizontal, basicamente, não recebe recurso das instituições financeiras, e com isso não expressa um aumento tão significativo nos números como SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), fundo de garantia para imóveis mais econômicos, crescimentos de até 70% nos financiamentos, aumento nos volumes de unidades e das unidades lançadas no programa casa verde e amarela. Entretanto, mesmo com esse mercado não recebendo essa injeção, ainda, é evidente a diminuição dos juros, uma diminuição que chega em todos os setores do mercado imobiliário. Com a taxa Selic 2% ao ano o urbanista tem uma maior felicidade para desenvolver o seu produto sendo que, automaticamente, o consumidor irá pedir no financiamento uma menor taxa de juros, mesmo que isso chegue a prazos de 144 meses. Com isso, os investidores que estavam com capital aplicado no mercado financeiro (como tesouro direto, ações, fundos de investimento), podem vislumbrar um cenário mais positivo e lucrativo no mercado imobiliário com a estabilidade e segurança do que só essa área possui.

A geração de emprego também é um fator importante para analisar no contexto macroeconômico. Durante a pandemia brasil o sofreu o impacto da perda de cerca de 1.200.000 empregos formais entre julho e agosto, porém, houve um crescimento de empregos formais, deixando este saldo negativo em 550 mil. Boa parte dessa recuperação de empregos veio da indústria imobiliária, e Goiânia fica entre as 10 mais do país que produziram empregos formais estando em saldo positivo de empregos com uma população que cresce 50% mais que a média nacional (que é de 1.4).

Entretanto, o mercado horizontal teve uma diminuição de oferta final, com o segundo trimestre de 2020 chegando a 0 lançamentos, com a pandemia impactando para que esse saldo surgisse. Porém o terceiro trimestre do mesmo ano apresentou uma retomada e mostra que o mercado busca equilíbrio. E Seguindo a lógica do mercado horizontal as vendas tiveram 2000 unidades mesmo que ainda inferior a 2019 no mesmo período.

A oferta final de lotes também apresentou saldo inferior ao período anterior. Trazendo o menor número desde o início do mapeamento, feito através da Brain, chegando próximo a 40% na região metropolitana e na capital.

Em síntese, ainda que tenha tido uma queda devido aos efeitos da pandemia, o mercado se recuperou e aponta para uma melhoria no setor para o próximo ano, principalmente nas unidades horizontais. Para isso, é os investidores e profissionais da área precisam se preparar e lançar novos produtos para atender às novas demandas.

Gostou do conteúdo e quer saber mais sobre dados de mercado?
Acesse a análise na íntegra, clicando aqui, e aproveite para se inscrever em nosso canal do Youtube.

*A opinião do autor não reflete necessariamente a visão da Brain inteligência estratégica

Veja também:

Relatório CAGED – SETEMBRO/2020 – FIQUE POR DENTRO DO MERCADO COM A BRAIN

O sócio-diretor da Brain Marcos Kahtalian fala sobre relatório realizado pela Brain Inteligência Estratégica a partir dos dados do Cadastro…

Joinville tem valorização de imóveis; vendas crescem no terceiro trimestre de 2020

Temos sido destaque em alguns dos principais portais de notícias do Brasil, com nossas pesquisas e análises de mercado. Confira!

FIQUE POR DENTRO DO MERCADO COM A BRAIN: Relatório de Financiamentos com SBPE – OUTUBRO/2020.

Confira como foi o relatório de financiamentos SBPE de outubro de 2020.